• E - Ar externo
  • M - Mistura
  • R - Retorno
  • I - Insuflamento
  • A - Ar ambiente

  • Bandeja - Água

AVALIAÇÃO MICROBIOLÓGICA

OBJETIVO: AVALIAÇÃO MICROBIOLÓGICA DO AR INSUFLADO PELO SISTEMA DE AR CONDICIONADO.
NUMEROSOS ORGANISMOS SÃO ENCONTRADOS NA POEIRA E NO AR, QUE DESEMPENHAM PAPEL IMPORTANTE COMO ELEMENTOS ALERGIZANTES E PATÓGENOS RESPIRATÓRIOS. MUITOS CASOS DE PROBLEMAS RESPIRATÓRIOS – ASMA E RENITES – DITOS DE CLIMA, ESTÃO NAS DEPENDÊNCIAS OU EM RELAÇÃO ÍNTIMA COM A FLORA DO AR.

DESTA FORMA, PROPÕE-SE A AMOSTRAGEM ABAIXO, PARA AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DOS EQUIPAMENTOS DE AR CONDICIONADO E DO AR VEICULADO POR TAIS APARELHOS.

ANÁLISES MICROBIOLÓGICAS

DEVERÃO SER AVALIADOS OS SEGUINTES PONTOS DO CIRCUITO DE AR CONDICIONADO:
ÁGUA DE CONDENSAÇÃO E/OU BIOFILME (LODO) DA BANDEJA;
CAPTAÇÃO DO AR EXTERNO;
DUTOS;
AMBIENTE;
RETORNO.

PARÂMETROS A SEREM ANALISADO

NA ÁGUA DE CONDENSAÇÃO E BIOFILME ACUMULADOS: AVALIAÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA DE BACTÉRIAS E FUNGOS, POSSIVELMENTE EXISTENTES NA ÁGUA DE CONDENSAÇÃO E BIOFILME ACUMULADOS NAS BANDEJAS DOS APARELHOS DE AR CONDICIONADO, A SABER:
BACTÉRIAS (GRAM+; GRAM-);
UNGOS (BOLORES E LEVEDURAS)
CAPTAÇÃO, DUTOS, AMBIENTE E RETORNO: AVALIAÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA DO AR:
BACTÉRIAS (GRAM+; GRAM -);
FUNGOS (BOLORES E LEVEDURAS);
INTERIOR DOS DUTOS: AVALIAÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA DA MATÉRIA BIOPARTICULADA:
BACTÉRIAS;
FUNGOS.